Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/8862
Título: Capital psicológico positivo : a influência do empenhamento organizacional
Autores: Ferreira, Ana Maria Malta
Orientadores: Campos, Isabel Maria Vilaça Tavares de, orient.
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
GESTÃO
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
CAPITAL HUMANO
COMPROMISSO ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA POSITIVA
EMOÇÕES POSITIVAS
AFETIVIDADE
ESTUDOS DE CASO
PCQ-24
MANAGEMENT
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
HUMAN CAPITAL
ORGANIZATIONAL COMMITMENT
POSITIVE PSYCHOLOGY
POSITIVE EMOTIONS
AFFECTIVITY
CASE STUDIES
TESTES PSICOLÓGICOS
PSYCHOLOGICAL TESTS
Resumo: Neste estudo, investigamos como é que o capital psicológico positivo é influenciado pelo empenhamento organizacional, procurando encontrar antecedentes do capital psicológico positivo, tal como sugerido por outros investigadores. Quatrocentos e vinte e oito indivíduos com vínculo laboral a organizações dos sectores público, privado e cooperativo e social responderam a um questionário de autorresposta constituído pelo PsyCap Questionnaire (PCQ-24), pela Escala de Empenhamento Organizacional de Rego (EEO) e por um questionário sociodemográfico. Verificámos que o empenhamento organizacional é preditor do capital psicológico positivo e que a componente afetiva do empenhamento organizacional tem um efeito positivo no capital psicológico positivo. Adicionalmente, verificámos que o sector de propriedade dos meios de produção das organizações surte influência sobre o capital psicológico positivo, encontrando indícios de que o envolvimento dos membros organizacionais num propósito social se pode traduzir em maiores níveis de capital psicológico positivo.
In this paper, we investigated how positive psychological capital is influenced by organizational commitment and sought positive psychological capital antecedents, as suggested by other researchers. Four hundred and twenty-eight individuals with employment contracts with organizations in the public, private, and cooperative and social sectors responded to a survey made up of the PsyCap Questionnaire (PCQ-24), Regos’ Organizational Commitment Scale (EEO) and a socio-demographic questionnaire. We found that organizational commitment is a predictor of positive psychological capital and that the affective component of organizational commitment has a positive effect on positive psychological capital. As well as this, we found that the property sector of organizations’ means of production influences positive psychological capital, finding evidence that the involvement of organizational members in a social purpose can translate into higher levels of positive psychological capital.
Descrição: Orientação: Isabel Vilaça
URI: http://hdl.handle.net/10437/8862
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ana Malta Ferreira_Dissertação_ISLA_MGRH_2016.pdfDissertação de Mestrado1.55 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.