Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/447
Título: Sexualidade na mulher histerectomizada
Sexuality in a hysterectomized woman
Autores: Estrela, Margarida
Martins, Elsa
Palavras-chave: MEDICINA
SEXUALIDADE FEMININA
HISTERECTOMIA
INQUÉRITOS
MEDICINE
FEMALE SEXUALITY
HYSTERECTOMY
SURVEYS
Editora: Edições Universitárias Lusófonas
Resumo: A investigação do efeito da histerectomia na função sexual feminina não é conclusiva. Há razões para acreditar que a remoção do útero pode ter efeitos adversos no funcionamento sexual feminino devido a alterações anatómicas pélvicas. Objectivos: Determinar quais as interferências da cirurgia, nomeadamente da histerectomia, na sexualidade da mulher e no seu relacionamento com o parceiro. Influência da terapêutica de reposição hormonal na sexualidade. Material e métodos: Realizamos um inquérito a mulheres dos 40 aos 60 anos submetidos a histerectomia total por patologia benigna nos anos 2001 e 2002 no Hospital Distrital de Santarém. Responderam 114 mulheres submetidas a histerectomia por via abdominal. Neste inquérito pretendeu-se avaliar a satisfação cirúrgica no que diz respeito a: auto-estima e auto-imagem, melhoria da qualidade de vida e relacionamento sexual. Conclusões: Uma minoria de mulheres refere o aparecimento de disfunções sexuais resultantes da histerectomia. No futuro, o estudo e a compreensão das alterações sexuais resultantes da histerectomia deverá utilizar quer medidas objectivas do funcionamento fisiológico, quer a utilização de questionários estandardizados e validados.
The research on the effect of hysterectomy on female sexual functioning is not conclusive. There are reasons to believe that the removal of the uterus can have negative effects on female sexual functioning due to pelvis anatomic changes. Objective: Determine the influence of the surgery, particularly hysterectomy, on the women sexuality and the relationship with the partner. Influence of hormone replacement therapy on sexuality. Methods: In the course of this study, we have interviewed 40-60 year-old women, who have undergone complete hysterectomy surgery from 2001-2002 in Santarém Hospital due to benign pathology. We included 114 women who underwent abdominal hysterectomy. A questionnaire of individual interview was made to address the self-esteem, self-image, benefits on quality of life and sexual relationship. Conclusions: Few women report having developed sexual dysfunctions as a result of hysterectomy. In the future, research and understanding of sexual functioning after hysterectomy should include both objective measures of physiological functioning and use of standard and validated questionnaires.
Descrição: Revista Lusófona de Ciências e Tecnologias da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10437/447
ISSN: 1646-3854
Aparece nas colecções:Revista Lusófona de Ciências e Tecnologias da Saúde, Ano 3, nº2 (2006)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
cb2_06.pdf1.24 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.