Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/14312
Título: A influência da cultura organizacional dos Clubes de Futebol, no desempenho das respetivas SAD : estudo de caso do Boavista Futebol Clube, Futebol Clube do Porto e Sport Lisboa e Benfica
Autores: Cruz, Nuno Miguel Cardoso Cruz
Orientadores: Martins, Elisete, orient.
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO
GESTÃO
MANAGEMENT
CLUBES DE FUTEBOL
FOOTBALL CLUBS
CULTURA ORGANIZACIONAL
ORGANIZATIONAL CULTURE
FUTEBOL
FOOTBALL
Resumo: O desporto é uma construção cultural, oferece à sociedade um espaço público de união, e constituiu um dos vários alicerces da nossa sociedade em rede. O desporto foi sempre, meio de expressão de afirmação de identidades, produzido por indivíduos, do qual fazem parte os movimentos associativos, que através dos clubes desportivos desempenham um papel fundamental enquanto agentes de socialização. O futebol é o desporto nacional. Joga-se em qualquer lado, sendo simples, todos se apaixonam por ele. O futebol discute-se nos cafés, nas ruas, nos bairros, em todo lado. Por detrás desta paixão gloriosa, o futebol foi-se modificando ao longo das décadas. Mantendo-se como entretenimento e alegria de todas as classes, idades, raças e género, é também, cada vez mais um negócio, tendo já um forte contributo no PIB do país. Os clubes de Futebol são um excelente exemplo da importância da cultura organizacional numa organização, representados pelos seus fiéis e apaixonados adeptos. Temos assim a questão de partida que acompanha toda esta investigação, «Terão as SAD em estudo, mais sucesso desportivo e financeiro caso adotem as culturas organizacionais dos clubes fundadores?». Nesse sentido, o presente estudo tem por objetivo conhecer e estudar o futebol enquanto fenómeno de base social que movimenta paixões e milhões, bem como os níveis de identidade clubística, mística e importância da cultura e história dos clubes casos de estudo. Atualmente não é fácil apreender e partilhar uma mesma cultura organizacional. Se há uns já largos anos as expectativas eram óbvias, até porque a maioria dos jogadores eram também adeptos dos clubes, atualmente há muitas – e por vezes opostas – vontades. Através da realização de 3 grupos de foco, a uma amostra total de 24 participantes, distribuídos por 3 clubes casos de estudo, Boavista F.C., F.C. Porto e S.L. Benfica, conclui se que para os adeptos, a mística, os valores e a história dos clubes, devem estar sempre presentes e são elementos que acrescentam valor a todos os níveis. Palavras-chave: Clubes de Futebol; Cultura Organizacional; Gestão; Futebol; SAD
Sports are a cultural construction that offers society a public space for unity and constitutes one of the various pillars of our society. Sports have always been a means of expressing and asserting identities, produced by individuals, which includes associative movements that play a fundamental role as agents of socialization through sports clubs. Football is the national sport, played anywhere, simple, and loved by everyone. Football is discussed in cafes, streets, neighborhoods, everywhere. Behind this passion, football has been changing over the decades. While it remains entertainment and joy for all classes, ages, races, and genders, it is also increasingly a business, already making a significant contribution to the country's GDP. Football clubs are an excellent example of the importance of organizational culture in an organization, represented by their loyal and passionate fans. Hence, the starting question that accompanies this research is, "Would the SADs under study have more sporting and financial success if they adopt the organizational cultures of the founding clubs?". In this sense, the present study aims to know and study football as a social phenomenon that moves passions and millions, as well as the levels of club identity, mystique, and the importance of culture and history in the case studies of clubs. Currently, it is not easy to understand and share the same organizational culture. While a few years ago, expectations were obvious, as most players were also fans of the clubs, currently there are many - and sometimes opposing - desires. Through the realization of three focus groups, with a total sample of 24 participants distributed among three case study clubs, Boavista FC, FC Porto, and SL Benfica, it is concluded that, for fans, the mystique, values, and history of the clubs must always be present and are elements that add value at all levels. Keywords: Football Clubs; Organizational Culture; Management; Football; SADs
Descrição: Orientação: Maria Elisete Martins
URI: http://hdl.handle.net/10437/14312
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Tese de Mestrado em Gestão Nuno Cruz - Versão Final.pdfDissertação de Mestrado1.15 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.