Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/14260
Título: Múcua: análise sensorial da fruto da adansonia digitata l. (Baobá) in natura
Mucua : sensory analysis of the fruit of adansonia digitata l. (Baobab) in natura
Autores: Tomás, Augusta
Oliveira, Leandro
Palavras-chave: CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS
PHARMACEUTICAL SCIENCES
ANÁLISE SENSORIAL
SENSORIAL ANALYSIS
FRUTOS
FRUITS
Editora: Edições Universitárias Lusófonas
Resumo: A múcua é o fruto do embondeiro ou baobá (Adansonia digitata L.) e é originário da África. Possui um elevado teor de ácido ascórbico e fibras alimentares, e propriedades antioxidantes. O objetivo deste estudo foi testar a aceitabilidade da múcua in natura numa amostra de adultos portugueses, e testar a sua intenção de consumo e disponibilidade a pagar por este fruto. Após experimentarem o fruto, os participantes preencheram um questionário destinado à sua caracterização socioeconómica, bem como para avaliar sua aceitação e disposição para pagar pelo fruto. Participaram deste estudo 53 provadores com uma mediana de idade de 20 anos, maioritariamente do sexo feminino (80,8%), portugueses (73,1%), estudantes (86,6%). Os provadores consideraram muito/ muitíssimo agradável a/o: apreciação global (49,2%), cor (71,2%), forma (53,8%), sabor (40,4%), aroma (48,5%) e, textura (44,2%) da múcua. Cerca de 30% dos provadores estaria muito/ muitíssimo disposto a consumir esta fruta de forma regular e a pagar 3 €/kg (62,9%). A múcua teve uma boa aceitação por parte dos provadores, sendo que a cor, a forma, e a apreciação global, foram os atributos com melhores pontuações no teste de aceitabilidade. Ademais, estavam dispostos a consumi-la regularmente se estivesse disponível a um preço economicamente acessível. Palavras-chave: Adansonia digitata L., análise sensorial, baobá, múcua, teste de aceitabilidade
The mucua is the fruit of the embondeiro or baobab (Adansonia digitata L.) and originates from Africa. It has a high content of ascorbic acid and dietary fiber, along with antioxidant properties. The aim of this study was to test the acceptability of the mucua fruit in natura in a sample of Portuguese adults and test its intention to consume and availability to pay for this fruit. After providing the fruit, participants fulfilled a questionnaire for their socioeconomic characterization and tested their acceptability and willingness to pay for the fruit. The participatants in this study (n=53) were 20 years old, primarily female (80.8%), Portuguese (73.1%), and students (86.6%). The tasters considered the following aspects of the mucua fruit pleasant or very pleasant: global appreciation (49.2%), color (71.2%), shape (53.8%), flavor (40.4%), aroma (48.5%) and texture (44.2%). Approximately 30% of tasters would be willing or very willing to consume this fruit regularly and pay 3 €/ kg (62.9%). The mucua had good acceptance by the tasters, and the color, the form, and the global appreciation, were the attributes with the best scores on the acceptability test. In addition, they were willing to consume it regularly if they were available at an economically affordable price. Keywords: Adansonia digitata L., sensory analysis, baobab, mucua, acceptability test
Descrição: Biomedical and biopharmaceutical research : jornal de investigação biomédica e biofarmacêutica
URI: http://hdl.handle.net/10437/14260
Aparece nas colecções:Biomedical and Biopharmaceutical Research Vol.20 n.º2 (2023)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
bbr.20.2.318.pdfArtigo355.63 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.