Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/13265
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSousa, João Alves de, orient.-
dc.contributor.authorCunha, Maria Júlia Limeira Vieira da-
dc.date.accessioned2022-11-24T15:47:48Z-
dc.date.available2022-11-24T15:47:48Z-
dc.date.issued2022-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10437/13265-
dc.descriptionOrientação: João Alves de Sousa-
dc.description.abstractDesde 1997 que a saga Harry Potter ao fim do seu primeiro livro lançado conseguiu atrair fãs de todo o mundo e a partir daí várias formas de consumir os conteúdos criado pela escritora J. K. Rowling foram criadas, trazendo para a média e para a indústria de diversão um objeto de estudo abrangente nas suas múltiplas expressões dentro da cultura da convergência, participativa e coletiva. Além dos livros e dos filmes, os fãs de Harry Potter puderam conhecer conteúdos interativos que os deixaram mais próximos da obra. Um exemplo dessa interatividade são os videojogos criados para trazer ao utilizador uma vivência mais próxima da realidade vivida pelo bruxo protagonista da saga, seja nas suas aventuras ou na sua relação com outros personagens / jogadores, criando assim uma maior empatia entre o jogador e a obra. Neste contexto, este estudo visa analisar o mais recente videojogo disponível para telemóvel, o Hogwarts Mystery, acerca da cultura da convergência e da narrativa transmídia, trazendo o fã e o utilizador como fonte de criação e participação coletiva e representativa no videojogo em um ciberespaço colaborativo, empático e emocional. Esta análise centrar-se-á em perceber quais são as estratégias usadas para potenciar uma participação ativa dos fãs dos livros e filmes neste jogo e nos resultados obtidos pelas mesmas.pt
dc.description.abstractSince 1997, the Harry Potter saga, at the end of its first book, managed to attract fans from all over the world and from then on, several ways to consume the content created by the writer JK Rowling were created, bringing to the media and the entertainment industry a object of comprehensive study in its multiple expressions within a participatory and collective culture of convergence. In addition to the books and films, Harry Potter fans were able to discover interactive content that brought them closer to the original work. An example of this interactivity are the video games created to bring the user a closer experience of the reality lived by the wizard protagonist of the saga, whether in his adventures or in his relationship with other characters / players, thus creating greater empathy between the player and the original content. In this context, this study aims to analyze the latest video game available for mobile phones, Hogwarts Mystery, reflecting about the culture of convergence and transmedia storytelling, bringing the fan and the user as a source of collective and representative creation and participation in the video game in na empathetic and emotional collaborative cyberspace. This analysis will focus on understanding what are the strategies used to enhance an active participation of fans of books and movies in this game and on the results obtained by those strategies.en
dc.formatapplication/pdfpt
dc.language.isoporpt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectMESTRADO EM COMUNICAÇÃO, REDES E TECNOLOGIASpt
dc.subjectCOMUNICAÇÃOpt
dc.subjectCIBERESPAÇOpt
dc.subjectNARRATIVA MULTIMÉDIApt
dc.subjectCOMMUNICATIONen
dc.subjectCYBERSPACEen
dc.subjectMULTIMEDIA NARRATIVEen
dc.titleHogwarts Mystery: a convergência da obra literária para um ciberespaço colaborativo, empático e emocionalpt
dc.typemasterThesispt
dc.identifier.tid202984753pt
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Comunicação, Redes e Tecnologias

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Hogwarts Mystery_Maria Júlia Cunha (1).pdf2.43 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.