Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/13230
Título: Diretrizes éticas para a inteligência artificial confiável na União Europeia e a regulação jurídica no Brasil
Autores: Ehrhardt Júnior, Marcos
Silva, Gabriela Buarque Pereira
Palavras-chave: DIREITO
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
ÉTICA
DIREITO EUROPEU
BRASIL
LAW
ARTIFICIAL INTELLIGENCE
ETHICS
EUROPEAN LAW
BRAZIL
Editora: Edições Universitárias Lusófonas
Resumo: Para além da seleção de notícias no feed do Facebook ou das músicas indicadas no Spotify, a expansão da inteligência artificial no contexto social é essencialmente viral: está em constante variabilidade e em crescente propagação. Nesse ponto, quais devem ser os parâmetros éticos e jurídicos de regulação da inteligência artificial? Quais elementos tornam uma tecnologia minimamente confiável? Visando responder tais questionamentos, a União Europeia publicou, em 2019, documento com Diretrizes Éticas para a Inteligência Artificial Confiável. O presente texto visa descrever os elementos das Diretrizes, analisar seus conceitos e sua aplicabilidade no contexto do ordenamento jurídico brasileiro, e consagrar parâmetros mínimos de controle do desenvolvimento tecnológico.
Descrição: Jurismat : revista jurídica do Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes
URI: http://hdl.handle.net/10437/13230
ISSN: 2182-6900
Aparece nas colecções:Jurismat : Revista Jurídica n.º 12 (2020)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diretrizes Éticas para a Inteligência Artificial Confiável_305-338.pdf333.97 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.