Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/13090
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorFlorindo, Margarida-
dc.contributor.authorGregório, João-
dc.contributor.authorRodrigues, Luís Monteiro-
dc.date.accessioned2022-07-25T14:40:04Z-
dc.date.available2022-07-25T14:40:04Z-
dc.date.issued2022-
dc.identifier.issn2182-2360-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10437/13090-
dc.descriptionBiomedical and biopharmaceutical research : jornal de investigação biomédica e biofarmacêuticapt
dc.description.abstractfoi entender como o exercício nos membros inferiores afeta a perfusão num grupo de indivíduos saudáveis. O estudo envolveu uma amostra de conveniência de dezoito indivíduos saudáveis, de ambos os sexos (32,8 ± 12,7 anos) previamente selecionados. Os procedimentos respeitaram todos os princípios da boa prática clínica. A perfusão sanguínea foi avaliada na região dorsal de ambos os pés por fluxometria de laser Doppler (LDF) e espectroscopia polarizada (PSp), após a estabilização basal (fase I), 1 minuto depois da flexão plantar isométrica bípede (fase II) e durante a recuperação (fase III). Foi efectuada análise estatística descritiva e comparativa. Foram detectadas alterações significativas em ambos os pés, em direções opostas – aumentando com LDF e diminuindo com PSp. Essas mudanças indicam que esta abordagem promove uma mobilização adaptativa do sangue do plexo superficial para o mais profundo. Não foram detectadas alterações significativas na pressão arterial ou na frequência cardíaca. Não necessitando de supervisão permanente, este exercício é capaz de promover alterações perfusionais significativas no membro inferior, mostrando potencial para ser explorado em estudos futuros com desenho prospectivo em contexto preventivo e de recuperação. Palavras-chave: flexão plantar, perfusão do pé, fluxometria de laser Doppler, espectroscopia polarizada, RRAH - resposta rápida de adaptação hemodinamica, atividade física, saúde em casapt
dc.description.abstractControlled physical activity might help as a preventive and therapeutic tool in vascular pathology. In this study we aimed to understand how lower limb exercise impacts perfusion in a healthy cohort. The study involved a convenience sample of eighteen previously selected healthy individuals of both sexes (n=9 each), mean age 32.8 ± 12.7 years. Procedures respected all principles of good clinical practice. Blood perfusion changes were simultaneously assessed in the dorsal region of both feet by laser Doppler flowmetry (LDF) and polarised spectroscopy (PSp). Measurements were taken at baseline, after stabilization (phase I), following 1 minute of bipedal isometric plantar flexion (phase II), and during recovery (phase III). Descriptive and comparative statistics were performed. Plantar flexion evoked significant perfusion changes in both feet, but in opposite directions – increasing with LDF and decreasing with PSp. These changes indicate that this approach promotes an adaptive mobilisation of blood from superficial to the deeper plexus. No significant changes in arterial blood pressure or cardiac frequency were detected. This manoeuvre, needing no specialised supervision, is capable of promoting significant perfusion changes in the lower limb, showing potential to be further explored in future studies with a prospective design in a preventive/recovery context. Keywords: plantar flexion, foot perfusion, laser Doppler flowmetry, polarised spectroscopy, PAHR - prompt adaptive hemodynamical response, physical activity, home-healthen
dc.formatapplication/pdfpt
dc.language.isoporpt
dc.language.isoeng-
dc.publisherEdições Universitárias Lusófonaspt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectMEDICINApt
dc.subjectFLUXOMETRIA POR LASER-DOPPLERpt
dc.subjectATIVIDADE FÍSICApt
dc.subjectESPECTROSCOPIApt
dc.subjectMEDICINEpt
dc.subjectLASER-DOPPLER FLOWMETRYpt
dc.subjectPHYSICAL ACTIVITYpt
dc.subjectSPECTROSCOPYpt
dc.titleA flexão plantar isométrica de baixa intensidade e curta duração aumenta a perfusão distal : observações de uma coorte saudávelpt
dc.titleShort duration-low intensity isometric plantar flexion increases distal perfusion : observations from a healthy cohorten
dc.typearticlept
Aparece nas colecções:Biomedical and Biopharmaceutical Research Vol.19 n.º1 (2022)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
bbr.19.1.286.pdfArtigo1.23 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.