Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/13063
Título: Violência entre parceiros íntimos : análises sociodemográficas para a violência entre parceiros na intimidade
Autores: Lacerda, Leocádia Canas
Orientadores: Alho, Laura, orient.
Palavras-chave: MESTRADO EM PSICOLOGIA FORENSE
PSICOLOGIA
VIOLÊNCIA NAS RELAÇÕES DE INTIMIDADE
SEXO
GRAUS ACADÉMICOS
ESTADO CIVIL
PSYCHOLOGY
INTIMATE PARTNER VIOLENCE
SEX
ACADEMIC DEGREES
MARITAL STATUS
Resumo: A violência entre parceiros íntimos é uma problemática na sociedade, que tem sido cada vez mais debatida e estudada na comunidade científica nacional e internacional. Este estudo teve como objetivo apresentar uma caracterização sociodemográfica associada à violência entre parceiros íntimos. A amostra do estudo foi constituída por 1128 participantes, 79,3% do sexo feminino (n = 895) e 20,6% do sexo masculino (n = 233), com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos (M = 37,76; DP = 10,72). Os participantes foram avaliados de acordo com a Escala de Violência entre Parceiros Íntimos (EVIPI) e o Inventário de Violência Conjugal (IVC). Relativamente às habilitações académicas, os participantes com o ensino secundário e superior, revelaram valores significativos na violência física, já no estado civil, são os participantes divorciados que evidenciam mais sofrimento em todos os tipos de violência (física, psicológica e sexual) nas suas relações íntimas. A duração da relação, demonstrou a violência psicológica como prevalente em relações mais longas. A presença ou ausência de perturbação mental, tanto nos participantes como nos parceiros, revela que quem tem um diagnóstico reconhecido, apresenta um maior sofrimento em todos os tipos de violência nas relações de intimidade.
Partner violence is an unfortunate phenomenon in our society and has increasingly been debated and studied in the scientific community. In the current work we have sought to better understand this phenomenon by describing which variables are associated with it. Our sample is comprised of 1128 participants (79.3 % of which female), aged between 18 and 74 years old (M = 37.76; SD = 10.72). Namely, we have employed two questionnaires that evaluate partner violence: Escala de Violência entre Parceiros Íntimos (EVIPI) and Inventário de Violência Conjugal (IVC). Regarding schooling and academic qualifications, participants who studied at the higher and secondary levels showed higher values in physical violence. As for marital status, divorcees showed higher values in all types of violence (physical, psychological, and sexual) in their intimate relationships. Those in longer relationships are also those showing higher levels of psychological violence, and those suffering from a psychological disorder show higher levels of suffering in all kinds of violence.
Descrição: Orientação : Laura Alho ; co-orientação: Pedro F .S. Rodrigues.
URI: http://hdl.handle.net/10437/13063
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Psicologia Forense

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario02.pdf53.96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.