Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10437/12851
Título: O teletrabalho e a sua aplicabilidade - Impacto na satisfação profissional
Autores: Lima, José Miguel Pereira
Orientadores: Gomes, Sandra Vila Verde, orient.
Palavras-chave: MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
TELETRABALHO
SATISFAÇÃO PROFISSIONAL
HUMAN RESOURCES MANAGEMENT
TELEWORK
PROFESSIONAL SATISFACTION
Resumo: Ao ponderar este tema como proposta de trabalho para uma possível Tese de Mestrado, não refutamos a evidência de que o teletrabalho não é um conceito novo. Não refutamos também que exista já uma franja considerável de organizações que incorporam este conceito no seu quotidiano laboral, adotando-o como uma estratégia válida e obtendo resultados satisfatórios. Não obstante, parece-nos que um número muito considerável de pessoas apenas teve contacto com esta realidade laboral nos últimos tempos, em virtude da realidade pandémica que ainda vivemos. Partindo da realidade acima descrita, e demonstrando-se a pertinência do estudo, pretendemos avaliar até que ponto a experiência vivida em contexto de teletrabalho se torna impactante na vida das pessoas, bem como, perceber quais os principais fatores que influenciam a satisfação destes profissionais em contexto de teletrabalho. Tendo sempre em consideração o objetivo proposto para o presente estudo desenvolvemos um estudo quantitativo, recorrendo a um inquérito por questionário como instrumento de recolha de dados. No final, obtivemos uma amostra de 149 profissionais de diferentes áreas. Analisados os resultados obtidos, constatamos que existem relações estatisticamente relevantes entre a avaliação do teletrabalho e a satisfação no trabalho, bem como, entre a avaliação do teletrabalho com ao equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Verificamos ainda que, o fator sociodemográfico idade tem impacto direto na avaliação do teletrabalho por parte dos inquiridos, sendo que, as caraterísticas organizacionais testadas, não revelaram relações estatisticamente relevantes para o nosso estudo. Por fim, o presente trabalho pretende, através do trabalho de campo desenvolvido, contribuir para o aumento das referências existentes atualmente, descrevendo quais os aspetos mais valorizados pelos profissionais relativamente á prática do teletrabalho, de modo a que possam servir de apoio a futuras decisões corporativas que versem sobre esta temática.
When considering this topic as a work proposal for a possible Master's Thesis, we do not refute the evidence that teleworking is not a new concept. Nor do we refute that there is already a considerable number of organizations that incorporate this concept in their daily work, adopting it as a valid strategy and obtaining satisfactory results. Nevertheless, it seems to us that a very considerable number of people have only had contact with this labour reality in recent times, due to the pandemic reality that we are still living. Starting from the reality described above, and demonstrating the relevance of the study, we intend to evaluate to what extent the experience lived in a telework context becomes impactful in people's lives, as well as to understand the main factors that influence the satisfaction of these professionals in a telework context. Always taking into account the objective proposed for this study, we developed a quantitative study, using a questionnaire survey as a data collection tool. In the end, we obtained a sample of 149 professionals from different areas. After analyzing the results obtained, we found that there are statistically relevant relationships between the evaluation of teleworking and job satisfaction, as well as between the evaluation of teleworking with the balance between work and personal life. We also verified that the sociodemographic factor age has a direct impact on the evaluation of teleworking by the respondents, and the organizational characteristics tested did not reveal statistically relevant relationships for our study. Finally, the present work intends, through the fieldwork developed, to contribute to the increase of existing references, describing which aspects are most valued by professionals regarding the practice of telework, so that they can serve as support for future corporate decisions that deal with this issue.
Descrição: Orientação: Sandra Vila Verde Gomes ; co-orientação: Carlos Miguel Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/12851
Aparece nas colecções:Biblioteca - Dissertações de Mestrado
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado - Teletrabalho e a Satisfação Profissional - José Miguel Lima - 2021.pdfDissertação de Mestrado2.39 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.